Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Something New

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

Something New

24
Dez14

"Merry Xmas you filthy animals!"

alex

Quote de um dos filmes mais épicos de Natal como título deste post, pois essencialmente este é apenas para vos desejar um feliz Natal, com tudo de bom, muito amor, comidinha e saúde!

Porque o Natal é aquela altura do ano que todos gostam (com expeções claro, mas poucas), porque parece que nos tornamos mais humanos nesta quadra e porque a mesma diz ser mágica, ficam aqui os meus votos de um óptimo Natal para todos os meus leitores e também para os não leitores!

Feliz Natal e não abusem nas filhoses!

 

http://memesomething.com/memeimage/1397/400/MERRY-CHRISTMAS-YA-FILTHY-ANIMAL.jpg

13
Dez14

Encontrem as diferenças

alex

O Natal aproxima-se e como pessoa fútil que sou, quero prendas.

Fogo, até eu torci o nariz ao voltar atrás e ler aquela frase. Estou a brincar malta, eu não me considero uma pessoa fútil!

No entanto considero-me humana com desejos e necessidades - e neste momento existem duas coisas que desejo e necessito. O Natal seria só uma desculpa para conseguir obter ditas coisas (embora uma delas não seja propriamente uma coisa...) MAS não sou burra ao ponto de achar que vou ter alguma delas.

Existe sempre dois tipos de lista de Natal, sejamos honestos: aquela que incluem os itens que nós realmente queremos mas que são caros ou ridículos (ou ridiculamente caros) e depois existe a lista que incluem os itens que vamos, na realidade, receber ou comprar nós próprios.

Bom, porque acho que já é tradição aqui do blog, deixo-vos com não uma mas DUAS listas com os meus desejos de prendas para este Natal.

Agora, este ano para animar aqui a coisa, deixo-vos o desafio:

Encontrem as diferenças (é tão difícil, meu deus....).

 

Lista 1

 

1. Um gato (verdadeiro han!) para me aquecer nas noites de Inverno e me alegrar nos dias de Primavera (não tem de ser obrigatoriamente esta bolinha de pêlo mas confesso que tenho uma paixão por Persas...e gatos pretos)

 

 

2. Porque como já toda a gente sabe o meu computador (fixo) já está mais para lá do que para cá e mais dia menos dia isto pifa por completo.

 

I am hidden

 

 

Lista 2

 

1. Nunca falha. Todos os anos chovem livros no colo da Alexandra pelo Natal e ela grita de alegria (a mãe é que não porque o espaço para arrumar ditos livros já está escasso)
Tenho andado inclinada para este género de livros.

 

 

 

 

2. Porque pijamas nunca são demais

 

(Da Primark)

 

3. Cuecas, soutiens, meias,cachecóis também nunca são demais e todos os Natais é certinho direitinho.

 

 

4. AH! Já me esquecia...

 

 

 

A lista 2 é maior que a lista 1 em quantidade mas só o computador é mais caro que os itens todos da lista 2 (digo eu, não fiz as contas, mas deve ser).

Só para vos mostrar que a realidade é esta: existem as coisas que nós queremos e depois as coisas que nós até nem nos importamos de receber e que são as que obtemos.

Metáfora da Vida e do seu funcionamento? Sim, sem dúvida!

 

26
Dez13

Já foi!

alex

Mais um Natal que se passou. E que Natal! Correu melhor do que o que eu estava à espera....

Mas a festa continua por estes lados. Amanhã a minha irmã faz anos e há muito a fazer. É limpar a casa, ajudar com a comida e limpar mais um bocadinho. Ainda tenho uma prenda (de Natal) para terminar e está a ser mais difícil que o pensei que seria inicialmente. Afinal arranjar 100 razões pelas quais gostamos de alguém e pela qual essa pessoa é tão especial, não só para nós, mas como pessoa e individuo, é muito mais complicado do que eu pensava. Mas acho que vai valer a pena...

Entretanto, e por entre tachos e esfregonas, hei-de parar por aqui para escrever. Ando com o bicho da escrita dentro de mim e tenho escrito muito no meu bloco A5 da Note It que me acompanha para todo o lado. Também vou ler muito, porque este Natal ofereceram-me (eu é que escolhi, mas é igual) um livro que não consigo parar de ler intitulado "Lugares Escuros" de Gillian Flynn. É uma espécie de policial, com suspense e tudo o mais. É daqueles livros que nos segura à história, que faz até com que sonhemos com ela (é verdade, ontem sonhei com a história e acho que já sei quem é o assassino). Recomendo para quem quiser dar uma espreitadela.

Espero que tenham tido um ótimo Natal e não fiquem tristes que para o ano há-de haver mais! Agora é arregaçar as mangas e começar a preparar a festa de Ano Novo, seja ela em casa com a família ou fora com os amigos, ou ambos!

24
Dez13

O dia está aqui!

alex

Chegou. O dia mais esperado do ano, a altura mais importante em todo o mundo: o dia que antecede o Natal.

Sim porque, em muitos países, este dia tem sempre muito mais importância que o dia 25. No dia 24 é quando a magia acontece. Quando nos reunimos todos à mesa a jantar (quem tem essa felicidade) e comemos a comidinha boa da avó, da mãe ou da tia. É altura em que a televisão está ligada mas apenas funciona como pano de fundo, porque não se consegue ouvir nem uma palavra do que se diz no Jornal das 8, visto que está tudo a falar para seu lado. É a noite da alegria, da rebaldaria, da brincadeira, da família e dos presentes. Todos os anos passo a véspera de natal com os meus avós maternos e com os meus tios. Somos quatro netos e a família não é muito grande, mas é grande o suficiente para fazer o seu barulho ao jogarmos às cartas ou ao cluedo. Adoro jogar ao cluedo com os meus primos. Ajudo com os doces, com as filhoses, com o bacalhau. Adoro pôr a mesa e organizar tudo. Adoro sentar-me e ficar a olhar para todos durante uns momentos, a conversarem, a rirem, a viverem. Olho para eles e absorvo aquele momento, guardo-o na minha memória (que não é das melhores!) e sorrio. 

Depois é tempo de abrir os presentes. Depois de um bom jantar que deixou todos de barriga cheia e de uma catrefada de jogos e brincadeiras e conversas, chega a altura preferida da minha irmã. A criatura acordou hoje às 7 da manhã a saltar na cama e a gritar: "É HOJE QUE ABRIMOS OS PRESENTES!". Já lhe expliquei que o mais importante do natal não é isso. E acho que ela sabe, no entanto, está-lhe nos genes ficar entusiasmada com essa parte do Natal. Afinal ainda não me esqueci de quando era eu e os meus primos. Nós delirávamos, por completo.

Mas, continuando com o que eu estava a dizer, depois é tempo de abrir os presentes. Eu sou sincera: não gosto muito de receber presentes, mesmo que estes sejam perfeitos para mim (não preciso de muito, um bom livro, umas meias quentinhas e fofas ou um perfume). Mas não gosto. Sinto-me sempre mal porque começo a pensar no que essa pessoa teve de gastar em mim. Mas oferecer... isso já é outra história! Adoro oferecer presentes. Adoro aquele momento em que a pessoa está a rasgar o papel de embrulho, o momento em que os seus olhos se iluminam quando vê o que é a prenda e o sorriso que lhe cresce, devagar, na cara. Adoro ver a reacção das pessoas.

O dia 25 é mais calmo mas não menos importante. É o dia a seguir à rebaldaria, à euforia, o dia em que almoço com a outra parte da minha família. É diferente, mais calmo e tranquilo, mas igualmente alegre e agradável. É o dia em que se come o borrego ou o peru, depende, o dia em que nos enfardamos com mais doces típicos de natal, o dia em que nos reunimos todos mais uma vez para conversar e rir e brincar. Experimentamos os nossos presentes, no meu caso, ajudo as crianças a montar os seus e ensino-as as regras dos jogos que receberam ou acabo até a brincar com elas. 

No meio de tudo isto não fiz referência ao nascimento de Jesus ou à parte religiosa do Natal. Isso é porque eu não sou católica. A minha família é toda católica não praticante. Para mim a religião cristã não faz sentido. Questiono muitas das coisas desta religião, e atenção, digo religião e não fé porque para mim são dois conceitos completamente diferentes. Eu tenho fé. Fé é o que não me falta. Não tenho é fé em algo ou alguém que não vejo, que nunca me deu sinais de existência nem razões para acreditar nela. Tenho fé em mim, nos meus amigos, na minha família e especialmente nos meus pais. Tenho fé no mundo e em como este, se quisesse, podia tornar-se num sítio melhor.

O Natal para mim não é a celebração do nascimento de Jesus ou da religião cristã e ao dizer isto, não quero de forma alguma ofender ninguém que assim o faça, antes pelo contrário! Admiro essas pessoas e a sua capacidade de serem religiosas. Eu é que não o sou.

O Natal para mim é a celebração da família, do amor, das crianças, dos adultos. O Natal para mim é tudo isto e por isso, venho aqui hoje deixar os meus votos de felicidade para todos vocês que me visitam e desejar-vos também um feliz Natal repleto de amor, alegria e felicidade.

Feliz Natal !

 

Merry christmas❤️

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D