Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Something New

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

Something New

26
Mar15

Que ganhe o melhor

alex

O tempo hoje combinou perfeitamente com o meu estado de espírito. 

Há dias em que o vento é tão forte, que por momentos, a chama vacila. Para muitos, incluindo para os donos dessa mesma chama, pode até parecer que se apagou de vez.

Mas não sei quem é mais teimoso no final - se o vento por continuar a soprar, na tentativa de apagar a chama, ou se a chama por continuar a vacilar, rajada de vento após rajada, mas sem se apagar por completo.

Vamos ver quem acaba por ganhar.

06
Fev15

It's a choice

alex

"They found this guy in Maine who had been living completely alone in the woods for thirty years. They called him "The Last True Hermit".

Thirty years without the warmth of human touch, without conversation. The Hermit felt more lonely when he was out in the world then he ever felt in the woods by himself.

Surrounded by people but drowning in solitude. That kind of loneliness can swallow you hole.

That last true Hermit was found and dragged out of hiding and into the world. Most might find his existence sad but the Hermit knew something we didn't. He knew when it come down to it, even when you're with someone, or in a noisy rush of people, it's just you.

The one you can count on and lean on and depend on. It has to be you.

And once you figure that out, that's when being alone becomes a choice." - Grey's Anatomy, season 11, episode 10

 

Hoje faço das palavras de outrém, as minhas - porque estou com uma dor de cabeça que parece que a mesma vai explodir e espalhar os bocados do meu cérebro pelas paredes do meu quarto; porque estou cansada e amanhã tenho dez horas de trabalho pela frente; porque este último episódio da Anatomia de Grey tocou exactamente no ponto.

(P.S: peço desculpa aos que não são capazes de ler e compreender inglês na sua perfeição)

05
Fev15

De olhos fechados, vejo

alex

Dou por mim de olhos fechados a ver tudo com clareza.

Vejo, a cada dia que corre, perder-me das pessoas que julguei nunca abandonar.

Vejo, a cada hora que passa, o passado a correr atrás de mim, a tentar apanhar-me e mandar-me mais uma vez abaixo ou até mesmo, deixar-me sem chão por onde possa correr; fugir.

Vejo, a cada minuto contado, como eu mudei e em como continuo em permanente mudança.

Vejo, a cada segundo perdido, que vivi a minha Vida para os outros.

Já chega desta cegueira. De olhos abertos vejo menos do que se os fechar - então que os feche, para que possa ver de uma vez por todas os males que me rodeiam.

Para que veja que não preciso de nenhum deles para chegar onde quero. 

Sempre caminhei melhor sozinha - de olhos abertos ou fechados, a realidade é que nunca caminhei com uma mão a segurar a minha.

Dou por mim de olhos fechados e vejo agora tudo o que não via, quando devia - mas mais vale tarde que nunca.

08
Set14

Antes só

alex

Sempre caminhou sozinha. Muitos foram aqueles que lhe deram a mão ao longo desse caminho, mas nenhum teve força suficiente para continuar de mãos dadas com ela. E por isso, ela habituou-se a caminhar, com esforço, sozinha. Contra tudo, contra todos - caminhava sem fim. Uma curva aqui, um obstáculo acolá, uma paragem para poder chorar ou respirar ali...mas nunca desistiu. Foram várias as vezes em que pensou nisso - atirar-se para o chão e bater com a mão três vezes furiosamente, para fazer ver que tinha desistido.

Mas o seu orgulho não a deixou. Caiu muitas vezes; mas as vezes em que se levantou foram mais. Nem quando os seus pés sangravam de tão feridos e cansados de andar, ela desistiu. Nem quando as costas, das facadas que levava durante a sua jornada, lhe doíam ela desistiu. Nem quando as lágrimas eram tantas e tão ásperas, impedindo-a de ver o caminho, ela desistiu.

Ás vezes dá por si a desejar ter alguém que a acompanhe - ouvir passos que não os seus; sentir os braços de alguém a suportá-la quando ela está prestes a cair; ter alguém que lhe sussurre palavras de encorajamento quando o caminho se torna difícil de mais. Mas depois pensa em todas aquelas vezes em que pensou ter esse alguém do seu lado - só para mais tarde constatar que estava mais sozinha acompanhada, do que quando estava realmente só.

Por isso não deixa ninguém meter-se no seu caminho. É só dela. Não passa por cima de ninguém - apenas não deixa ninguém aproximar-se.

Ninguém entra no seu caminho; na sua vida; no seu coração. Porque para ela, nunca tanto uma frase fez tanto sentido como esta:

Mais vale sozinha que mal acompanhada.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D