Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Something New

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

Something New

18
Set13

E ao fim de três dias...

alex

Só falta conhecer a professora de educação física.

O meu horário é muito inconveniente porque mexe-me com os sonos todos.

A minha turma com 30 alunos é agradável (com a excepção de alguns elementos), o que não é agradável é estar 90 minutos sentada numa sala minúscula com tanta gente, com o calor que tem estado...

O pessoal (professores incluídos) está todo desagradado com o horário e com o facto de já terem alterado todos os restantes horários de 12º para melhor, excepto o nosso e como tal, a ideia de assinarmos todos uma petição para entregar no conselho directivo, já foi proposta e posta em andamento. Veremos ...

Até agora fiquei impressionada com Sociologia e desiludida com Psicologia. Cromossomas e genes não é comigo (e será essa a matéria inicial a Psicologia..), se fosse, estaria no curso de ciências, mas segundo o professor, é só a matéria inicial que é mais aborrecida (e ciêntifica).

Por falar em professor de Psicologia...o meu é invisual (ora deixemo-nos de palavras bonitas e digamos as coisas como elas são, o senhor é cego), mas não é por isso que é acanhado! É um homem divertido, bom comunicador e encara as suas diferenças com um sorriso na cara e uma piada irónica na ponta da língua. É cá dos meus!

Fiz um teste de diagnóstico a português (não sabia que ainda se faziam desses, mas enfim) e ando num reboliço porque isto de entrar três dias às 13.30 e sair às 18.30 já não é para mim...isso era no tempo em que eu ainda usava roupas de rapaz e tinha 13 anos.

Sinto-me sufocada naquela escola. Se o ano passado pensava que aquilo estava cheio, este ano não sei como poderei descrever de forma a que vocês possam sequer imaginar...Digamos que eu sofro de claustrofobia e andar pelos corredores daquela escola é um suplicio para mim.

Mas estou contente. Eu sei que com base no que foi dito anteriormente, não parece.

Mas estou. 

Voltei a ver pessoas que não vi durante o verão todo e de quem tinha saudades. Revi as auxiliares que, ao fim de dois anos, considero muitas delas amigas, conheci pessoas novas e não sei...sinto-me bem. Sentia falta daquilo, apesar de tudo.

Sei que daqui a uns tempos vou sentir-me em baixo, sem forças, a pessoa negativa que existe em mim virá à tona e não irá acordar todos os dias com um sorriso na cara e vontade de sair de casa.

Mas por enquanto vou aproveitando esta boa disposição.

Porque no fundo, o que eu sei fazer de melhor é isto: aprender.

Adoro aprender e espero que este ano aprenda muito. Tanto nas aulas, como fora delas.

É isso que me dá alento e força de vontade.

Saber que, ao fim de todos os dias, aprendi algo.

Posso não aperceber-me disso hoje, amanhã, ou depois, mas sei que ao olhar para trás e ao recordar, vou sorrir e pensar:

"Cada dia foi uma nova lição. Todos os dias aprendi algo, por mais pequeno e insignificante que me possa ter parecido na altura".

Sou uma faminta por nova informação, por aprender.

A minha profissão não é ser estudante. 

Sou aprendiz, dentro e fora da escola.

Acima de tudo, era disso que sentia falta. De dias que me faziam sentir mais rica, mais preenchida e não tão vazia como me senti na maior parte destas férias.

Boa sorte a todos os que, como eu, enfrentam um novo ano lectivo.

Aprendam muito, aproveitem, trabalhem, desfrutem, descansem e acima de tudo sorriam, porque no fim valerá a pena.

Vale sempre.

22
Mar13

Ultimamente...

alex

Tenho-me sentido bem. Tenho ido à piscina e sinto a diferença, não fisicamente, mas psicologicamente. Faz-me bem à alma, acima de tudo.

Tenho estado com os amigos, os verdadeiros, e tenho rido com vontade. Acordo de manhã com vontade de acordar. Deito-me à noite cansada, mas com um sorriso na cara. 

Tenho visto séries, filmes...tenho lido e tenho escrito. 

Ultimamente, tenho-me visto. A mim. Eu. Aquela jovem rapariga que eu sabia que ainda estava dentro de mim, apenas à espera de ser resgatada.

Tenho-me visto e aos poucos e poucos, vou recuperar-me por completo. Devagar se vai ao longe...

 

 

29026_605001202861974_66641588_n_large

Só falta o sol e o calor...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D