Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Something New

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

Something New

15
Nov14

Só um número?

alex

Na minha "turma" de formandos somos vinte e cinco. Adivinhem quem é a mais nova?

Eu, pois claro.

As idades estão compreendidas entre os dezoito (eu) e os cinquenta (um senhor). Pelo meio existem mulheres de quarenta, trintas e poucos, e trintas. Depois existem rapazes com vinte e cinco, uma rapariga (que curiosamente tem o mesmo nome que o meu) também com vinte e cinco, rapazes com vinte e três, vinte dois e dezanove anos.

Ao longo desta semana ouvi mais do que uma vez: "Tens um ar tão angelical! És a nossa bebé! Não aprendas isto Alexandra, não cresças a ser assim!", entre outras coisas que me deixam, realmente, de nervos à flor da pele.

Não sou bebé nenhuma. Está certo que ainda não vivi nem metade do que aquela malta já viveu e que me divirto imenso a ouvir as suas histórias e bebo tudo como se de água se tratasse porque penso ser importante darmos valor a tudo aquilo que as pessoas mais velhas nos têm para ensinar, seja de bom ou de mau.

Mas não gosto de ser tratada como uma menina. Porque já não sou, efectivamente, uma menina. Sou uma mulher, com muito ainda para aprender. Mas não sou nenhuma bebé. 

Sempre vivi num ambiente em que era sempre tratada como alguém mais velho do que a minha idade. Tanto em casa como na escola e no meu grupo de amigos, sempre fui considerada uma pessoa cuja idade não fazia jus à minha pessoa e personalidade, maneira de pensar, de agir, etc.

No entanto, a verdade é que estas pessoas com quem estou agora não me conhecem de todo. Há pessoas que assim que as conhecemos se dão logo a conhecer e nós tiramos-lhe logo a pinta toda. Pessoas que falam de tudo abertamente, que não têm problema em partilhar coisas com estranhos que eu, pessoalmente, não sou capaz de partilhar até ter um certo nível de intimidade com essa pessoa.

Por isso consideram-me angelical e bebé, tímida e contida. Mas eu sou tudo menos isso. E apesar de estar a gostar de conhecer as pessoas com quem passo nove horas dentro de uma sala de formação; apesar de não me relacionar com todas mas falar com a maioria, vejo que elas me olham como se eu ainda pertencesse no berço.

E eu não gosto. Porque sempre me trataram como uma adulta mesmo quando não tinha idade para tal. Porque fui habituada a ser sempre a "mãe" do grupo.

E agora sou a bebé, o anjo. Eu sou muito boa pessoa, mas de anjo não tenho nada.

Espero, no entanto, ter oportunidade de mostrar a este pessoal que sou mais para além do número 18. Que apesar de ser esse o número de anos que tenho vividos, não sou apenas esse número e que durante esses anos já tive de agir como se tivesse muitos mais em cima.

Espero também conseguir mostrar que sou divertida, maluca, simpática e não apenas uma menina que até gosta de usar vestidos uma vez por semana (refiro isto porque ontem fui de vestido branco e deuses me ajudem se não ficou tudo "aaaaaah, tens mesmo um ar tão angelical, tão querido, de bebézinha, oiiiiiiin" - só faltou apertarem-me as bochechas), que é um pouco tímida quando fora do seu grupo de amigos e do seu ambiente, que cora quando tem de fazer perguntas à formadora ou falar para que toda a turma a oiça (odeio quando temos de nos apresentar no primeiro dia e falar de nós e da nossa vida, o-d-e-i-o).

Espero conseguir mostrar que não sou só um número.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D