Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Something New

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

Something New

16
Jan14

Só sei que nada sei

alex

Hoje estiveram lá na escola três ex-alunos do curso de Humanidades e que estão agora na faculdade, cada um a tirar um curso diferente entre eles. Falaram-nos de tudo. De como está tudo organizado, as diferenças entre escolas superiores, universidades, politécnicos, etc, falaram sobre as cadeiras, os exames, os créditos, as bolsas, as praxes, os trajes... enfim, tudo. 

O meu coração partia a cada minuto que passava. Perguntaram quem é que estava interessado em ir para a faculdade e só meia dúzia pôs o dedo no ar. Eu não fiz parte dessa meia dúzia. Ainda estive para ser, mas depois pensei: não vou estar aqui a mentir, nem a eles nem a mim própria. Vi o olhar da professora cair sobre mim quando não levantei a mão. Vi o erguer das suas sobrancelhas, como quem diz: Tu Alexandra, não queres ir para a faculdade??

Enfim... foram muito prestáveis e esclareceram muitas dúvidas a quem as tinha. Eu não coloquei nenhuma. Sinceramente, nada do que eles disseram foi informação nova para mim. Felizmente tenho duas pessoas da minha família que já me puseram mais ou menos a par de tudo e de como tudo funciona. Mas também a única dúvida que tenho não a poderia colocar a eles.

Nem a eles nem a ninguém. Só eu posso responder à minha própria pergunta. E qual é ela? Simples.

Quero ir para a faculdade? Ainda estive para lhes perguntar: "Vale a pena?". Mas não o fiz. Não me perguntem porquê, simplesmente não o fiz. Talvez por ser uma pergunta muito mais pessoal. Vale a pena para uns, para outros não tanto e para outros não vale de nada. 

Ainda não falei muito bem sobre este assunto com os meus pais. Parece que têm mais medo de falar sobre o assunto do que eu. Não entendo. Eu não sou burra, não sou uma criança. Sei o que podemos e o que não podemos dentro das nossas possibilidades. Se eles se sentem constrangidos por não poderem mandar a filha para a faculdade por falta de dinheiro, não deviam! Nunca tive problemas em dizer que se for necessário, vou trabalhar durante o tempo que for preciso para pagar eu os meus estudos. Já deixei, pelo menos isso, muito claro. 

O problema é que já não é só o dinheiro... Eu há uns anos sabia para onde queria ir, exactamente. Escola Superior de Comunição Social em Benfica, curso de Jornalismo. Dizia de peito cheio que era o meu futuro. Agora digo que é uma das muitas possibilidades (ou não).

Eu gosto de fazer tanta coisa. Interesso-me por tanta coisa. Quero fazer tanta coisa. Eu sei o que quero. Quero mais do que aquilo que posso ter. O meu problema é esse. É isso, é não ter dinheiro, não saber se quero ou não ir para a faculdade... é não saber o que quero. Porque eu sei o que não quero. Não quero ser médica, engenheira, gestora, professora... não quero ficar um ano sem fazer nada, nem a estudar nem a trabalhar. Ou estudo ou trabalho, agora ficar um ano em casa de papo para o ar, isso não é para mim. Mas eu não sei se quero ir para a faculdade. Não sei se é isso que eu preciso. Não sei se é o mais acertado para mim.

Não sei, não sei, não sei... E pronto, as minhas noites são isto. As palavras até já me surgem em sonhos que depressa se transformam em pesadelos. Mas sei que ainda tenho muito que fazer este ano, no 12º ano. Por isso e por agora, vou-me concentrar nisso.

Correcção: vou tentar concentrar-me nisso.

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D