Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Something New

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

Something New

05
Set14

Explicações - só se me pagarem!

alex

Acho que tenho de me explicar vezes demais. Sinto a necessidade de me explicar quando sinto ou sei que a pessoa me interpretou mal. Não sei de onde surgiu, esta vontade que nunca desaparece - talvez esteja comigo desde sempre.

Mas há quem ainda pense que eu vivo num mundo onde o céu é sempre azul e as nuvens sempre brancas e fofas. Há quem pensa que eu não sei nada da Vida, quando na realidade gostava de saber menos do que o que sei. 

A verdade é só uma: por muito que uma pessoa partilhe a sua vida com outros, seja aqui ou pessoalmente com amigos, há coisas que nunca se sabem - e é por isso que sinto uma enorme necessidade de me explicar quando as pessoas interpretam mal as minhas palavras, os meus desabafos, as minhas histórias. Porque como não sabem certas e determinadas coisas, assumem. Ás vezes penso que sou eu que tenho uma certa dificuldade em expressar os meus sentimentos/pensamentos/opiniões...faço-o muitas vezes sem um filtro, porque sou impulsiva e deixo-me levar pelas emoções (principalmente se estiver a falar de algo sobre o qual estou muito entusiasmada). É por isso que por vezes sou mal interpretada. 

E odeio isso. Odeio que fiquem com uma imagem de mim que não é a verdadeira. Eu não sou ingénua - há muito que deixei de o ser. Sei que existem dificuldades e obstáculos para onde quer que me vire nesta Vida - mas se há coisa que me ensinaram neste último ano e meio foi a não pensar no que de mau pode resultar das minhas escolhas. Ou pelo menos a focar-me no bom que daí pode vir. E é muito complicado fazer isto quando tenho pessoas a entenderem-me de forma errada a toda a hora.

Eu não sei se vou conseguir arranjar trabalho nos próximos tempos. Eu não sei se vou conseguir ir para Londres estudar daqui a um ano. Eu não sei se vou ter uma marreca, dez verrugas e cabelos brancos daqui a dez ou vinte anos. Mas eu escolho acreditar que as duas primeiras vão acontecer ( a terceira dispenso).

E eu sei que ás vezes a minha "determinação" é encarada como ingenuidade ou até burrice - porque ninguém prevê o futuro e eu não posso afirmar que amanhã vou sequer acordar para ver um novo dia mas a verdade é que eu não consigo falar sobre o assunto sem me entusiasmar, sem suspirar, sem sorrir, sem sentir o coração a acelerar, sem acreditar que vou lá chegar. E posso até não conseguir lá chegar para o ano, ou para o outro, mas eu quero acreditar que sim - e as razões para tal, essas, são só minhas.

E estou cansada de ter de explicar isto, uma e outra vez, a quem me interpreta mal.

E é por isto que eu agora guardo tudo para mim. É por isto que eu não falo com ninguém sobre este tópico ou sobre muitos outros. Porque dantes tinha com quem o fazer e agora já não tenho.

Porque estou farta de ter de dar explicações para tudo e por tudo.

Não devo explicações a ninguém. Só se me pagarem. E mesmo assim...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D