Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Something New

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

Something New

01
Dez14

E depois?

alex

Já pensaram em como eles nunca mostram o depois?

O depois. Depois do "Fim". Eles nunca mostram o que vem depois disso. Depois do homem correr pelo aeroporto fora a gritar pelo nome da sua amada. Depois de ambos se abraçarem fortemente e se envolverem num beijo apaixonado, fazendo promessas de amor, em que a frase "para sempre" é dita mais vezes que aquelas que nós conseguimos contar.

Nunca nos mostram o depois. Por isso nós crescemos a pensar que o depois não passa daquilo - daquele momento lindo e lamechas que até faz derramar uma lágrima. Convencemos-nos, por momentos, de que as relações são assim:

Conhecem-se, ficam amigos, um deles apaixona-se e declara-se - por sorte o outro também o ama e vai dai formam um casal. Zangam-se, ficam separados durante uns meses (meses esses em que o homem dorme com tudo o que se mexe e a mulher aproveita para comer Nutella às colheradas) e depois num lindo dia de Inverno ambos se encontram "por acaso" e o amor é tanto que tudo se esquece e voltam os pombinhos!

HURRA!

Mas depois alguém tenta separa-los e aí é que a coisa fica negra. Mas como o amor vence todos os obstáculos, quando a moça está prestes a ir embora, o moço vai atrás dela qual cavaleiro andante e impede-a mesmo antes desta entrar no avião.

E voltamos ao início desta conversa. Aparece então a palavra "FIM" e nós todas contentes vamos dormir a pensar que na realidade é assim.

Dá, como dizem lá no meu office, côcô (e sim, está bem escrito por lá dizem dita palavra de forma a não soar tão vulgar e a dar-lhe um ênfase...diferente.) 

Já todos nós sabemos que a realidade é bem mais dura e crua. 

E é por isto que eu não vejo filmes românticos. São o único género de filme do qual eu nem me aproximo.

Para levar com areia nos olhos vou ali à Ericeira num dia ventoso.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D