Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Something New

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

Something New

17
Abr13

After a hurricane, comes a rainbow

alex

Tardes como a de hoje, merecem ser repetidas. Uma e outra e outra vez.

Deveria ter virado a página à mais tempo. Deveria ter-me afastado do drama que a rodeava e deveria ter-me rodeado de pessoas como vocês.

Fiéis, preocupadas, carinhosas, que compreendem o verdadeiro significado da palavra "amizade". Que não me julgam com um olhar, mas que me aceitam com um dos vossos sorrisos.

Que me apoiam incondicionalmente, mesmo quando eu não vos peço esse apoio.

Que me conhecem, qualidades e defeitos e que me aceitam como eu sou; que não me tentam moldar à imagem de uma pessoa perfeita, porque a perfeição não existe.

Que me fazem rir, que permitem que eu dançe como uma palhaça no meio de uma loja quando a música "thrift shop" começa a tocar e que, apenas meros segundos depois, se juntem a mim. Que se riam das minhas maluqueiras e que não me olhem de lado por as cometer.

Por me apanharem antes de eu cair.

Por terem sido as minhas companheiras na minha primeira ida ao Starbucks.

Por serem vocês.

Sempre estiveram lá para mim e eu para vocês.

Mas ao deixar o passado onde ele pertence e ao ter virado a página, pude descobrir que a vida é muito mais alegre quando temos bons amigos à nossa beira. Bons e verdadeiros. Porque a sombra que me impedia de ver a vossa luz, foi-se. Agora vejo com mais clareza do que nunca e o meu sorriso é mais amplo e verdadeiro.

Sinto que tirei um peso das costas ao livrar-me da sombra enorme que ela era, que me impedia de caminhar em frente e que me prendia ao chão, mantendo-me sempre no mesmo sítio. 

Vocês brilham tanto, que ofuscuram o negrume da sua sombra e iluminaram a minha vida.

Obrigada, por ao longo destes últimos dois anos terem sido a minha luz, mesmo que eu não vos conseguisse ver com clareza.

Mas agora vejo e bem. Obrigada por este dois anos, obrigada por hoje e obrigada pelo amanhã e pelo depois do depois de amanhã...

Obrigada ♥

23
Fev13

Fez-se luz!

alex

Tenho (eu e toda a minha "vila") estado sem luz o dia todo. Há bocado, vieram cá os senhores da EDP e trouxeram um gerador do tamanho do titanic que está agora estacionado em frente ao meu prédio, que faz um barulho estranhíssimo e parecido com (mil) rugidos de leões e que, de momento, nos está a "alimentar" a todos.

Depois de ter estado várias horas sem luz, é que me apercebi o quão dependentes somos dela. Para começar, não há cá computadores, internet, televisões ou telefones para ninguém. Depois, o microondas, a torradeira e o fogão (o meu é eléctrico), também ficam inutilizáveis. Já para não falar do facto de termos de estar na casa de banho às escuras, que ficam na parte de trás da casa, junto aos quartos e que, como tal, são as divisões com menos luz natural.

Ora bem...era ver a malta toda cá em casa a dirigir-se à casa-de-banho e a acender a luz.

"-Ah, é verdade, não temos luz!" - foi a frase mais dita hoje por estas bandas. É do hábito. É um vício. Tal como todos os outros, o consumo de luz é um vicio. E eu que o diga! Ia à dispensa, clicava no interruptor da luz, para logo o voltar a desligar. Ia à casa de banho, a mesma coisa. Vinha para o quarto e clicava no botão de ligar do meu comando e questionava-me, durante 3 segundos, porque raio a minha televisão não acendia.

Pequenas amostras do quão dependente eu sou da luz. Do quão dependentes todos nós somos. Precisamos dela para quase tudo. 

A falta da mesma hoje, fez-me pensar: "Se tivesse sido habituada a viver sem luz nenhuma, como ainda algumas pessoas vivem, as coisas eram diferentes. A minha rotina seria completamente diferente, os meus hábitos também. A acção de ligar um interruptor da luz, de ligar a televisão, de pôr o pão na torradeira ou aquecer o leite no microondas, seriam acções substituídas por outras completamente diferentes."

Curioso hein? Mas, vendo o lado positivo, de manhã decidimos ir todos ao supermercado fazer as compras e depois do almoço, não houve desculpa alguma para não me lançar logo ao estudo do Frei Luís de Sousa. O lado negativo...já comi mais hoje do que na semana inteira, porque não poder vir ao computador, não poder acender a televisão, não poder fazer nada nas horas mortas, encheu-me de stress. 

E eu quando estou stressada, como. Muito. Demais.

(Tenho andado a fazer tanta batota ultimamente, que já não posso dizer que estou de dieta, que adoptei um estilo de vida saudável, ou o raio que o parta!)

10
Fev13

(Muito) Adiantada

alex

Tanto estes

 

 

Como estes

 

 

Completariam na perfeição o meu look para sabádo.

Sim, já tenho (em principio) a roupa planeada.

É uma noite importante, como tal, não consegui evitar começar logo a magicar uns conjuntos giros.

Todos eles incluem rosa claro. Os primeiros são os meus preferidos, só porque são mais baixos e, sendo eu uma rapariga semi-alta, com os segundos ficaria mais alta do que ele.

É só porque os primeiros são 20 euritos e os de baixo 10. Pois...

06
Jan13

Adoro dar, mas nunca fui boa a escolher

alex

Não sou boa a oferecer prendas. Normalmente, pergunto sempre o que as pessoas querem ou precisam e depois lá vou eu na busca incansável desse objecto. O problema é que na maioria das vezes a resposta que oiço é: "Não preciso de nada, não me dês nada, a sério! Basta estares presente!".

Eu sei que a minha presença já é prenda o suficiente (olhem para mim qual convencida), mas não gosto de ir para uma festa de aniversário de mãos a abanar. Não gosto. Ora, terça-feira, é o aniversário daquela a que posso chamar, vá, melhor amiga. Somos amigas há seis anos, mas aproximámos-nos muito mais no inicio do 9º ano, há dois anos atrás. Temos uma relação um pouco complicada e, direi mesmo, estranha. Mas ela é aquela pessoa da qual não me consigo afastar. Por muito que me aborreça com ela e ela comigo, não conseguimos estar muito tempo uma sem a outra. Somos muito diferentes em certos aspectos, mas muito semelhantes noutros. Não temos a típica amizade de melhores amigas, é verdade. Mas é ela quem me ouve, quem me apoia 24h por dia, quem me aconselha...mas por vezes deixa-me ficar mal. E ando sempre de pé atrás com ela, porque é uma pessoa muito orgulhosa e não lida bem com as verdades. Eu sou bastante frontal e digo-lhe tudo o que penso. Por vezes, ela leva a mal e a coisa não corre bem. Mas eu sempre lhe disse que os amigos não servem para dar palmadinhas nas costas quando fazemos algo de errado ou de menos correcto. Mas estou a fugir ao assunto.

Preciso de lhe oferecer algo. Mas alguma coisa com significado, algo que ela possa guardar para sempre, que daqui a 20 anos, quando estiver a mudar-se para o seu apartamento com o marido, encontre numa das suas caixas de cartão e sorria de orelha a orelha ao contemplar tal lembrança. Não lhe quero oferecer algo que ela use nos primeiros dias e depois enfie numa caixa ou num outro buraco qualquer e que lá fique esquecido, a ganhar pó. Preciso de algo bonito, simples, mas marcante.

O problema é que estou sem ideias. Alguma sugestão, agradecia muito. A sério!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D