Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Something New

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

Something New

29
Nov14

Um bom dia!


alex

Hoje é dia de descansar e ficar na cama até às 10.

Hoje é dia de actualizar a playlist do telemóvel porque já estou farta de ouvir as mesmas músicas todos os dias.

Hoje é dia de dar um abraço fugido a uma das pessoas que mais adoro neste mundo e com quem tenho tido pouco ou mesmo nenhum tempo para estar.

Hoje é dia de ir ao circo (graças a essa pessoa que tanto adoro) com os pais e a irmã que não pára de andar pela casa aos pulos de tanto entusiasmo.

Hoje é dia de esquecer o quão difícil foi esta semana e o quão horrível vai ser a semana que aí vem.

Hoje é dia de matar algumas daquelas saudades que vos falei há uns dias atrás....

Hoje é um bom dia.

26
Nov14

Me perdoem...


alex

Mas têm sido dias complicados. O blog anda a perder entusiasmo (da minha parte) e eu ando sem tempo para vos ler e deixar comentários bonitos nos vossos.

Isto tem sido um bocado caótico. A última semana de formação em sala é aquela que está a correr pior. Trocaram-nos de formadora na segunda-feira sem mais nem menos, já mudámos três vezes de sala, estamos atrasados na matéria e segunda-feira (supostamente) começamos a trabalhar a sério.

Eu sinceramente estou assustada. Não sei se não vou fazer uma bela de uma porcaria ou se vou ser, de facto, capaz de fazer aquilo para o qual fui contratada. É certo que vou dar o meu melhor, como sempre, mas às vezes nem sempre é o suficiente.

E depois é a falta de tempo...para tudo e para todos. E a cabeça já pesa nos ombros e ainda nem sequer comecei a parte que dá mesmo dores de cabeça (como comprovado pelos trabalhadores com quem travei contacto no inicio desta semana).

E só para apimentar a coisa, esta semana é aquela semana (as mulheres que lerem isto perceberão de imediato) e este mês a coisa está crítica.

Por isso o blog, não caindo em esquecimento, fica um bocado mais parado e sem conteúdo interessante para os vossos olhos.

Me perdoem...mas talvez no fim-de-semana a situação se regularize.

Caso contrário...me perdoem, só até eu me habituar a esta nova vida.

24
Nov14

Folgar a saudade


alex

Tenho saudades dos meus amigos. Saudades de me rir até me doer a barriga e não de me doer o coração com a falta de risos verdadeiros. Tenho saudades de chegar a casa e poder estar mais de 20 minutos com a minha irmã. Tenho saudades de poder ver as minhas séries favoritas. Tenho saudades de acordar sem aquela sensação de quem nem sequer chegou a dormir. Mas não me quero queixar. Ainda não. Acho que ainda não tenho esse direito.... E apesar de tudo continuo focada e empenhada no trabalho. Apesar das saudades, apesar da falta de tempo para mim, para os meus e para a minha almofada, não quero vacilar. Porque o pior ainda está para vir... E a saudade aperta mas eu vou folgando a gola lembrando-me constantemente do porquê de tudo isto.

20
Nov14

Há coisas que me ultrapassam #16


alex

Hoje venho-vos falar de cabelo. Não, não é do meu. É o do rapaz que vi ontem no metro.

Ora não me interpretem mal - não fiquei apaixonada pelo moço nem nada que se pareça. Agora pelo cabelo dele...isso já é outra história. Quando o vi de costas pensei que era uma menina - muito escanzelada, mas uma menina. Quando lhe vi a cara e o bigodinho loiro (alguém lhe devia dizer para usar a gilete com mais frequência...) fiquei vermelha - de raiva.

Como é que um rapaz tem um cabelo daqueles? Um cabelo comprido, loiro mel, cachos perfeitos a caírem-lhe sobre os ombros, brilhante e com um aspecto simplesmente DIVINAL?

Aposto que se lhe passasse os dedos seria como tocar em seda.

E fiquei com inveja do moço. Ainda ponderei perguntar-lhe que tipo de champô ele usa, mas depois achei melhor não visto estarmos no metro com outras pessoas e ele pôr-se a gritar ali no meio "TARADA MALUCA" ou algo do género.

Por isso fiquei sentadinha no meu lugar a contemplar o cabelo do rapaz e a desejar que o meu fosse assim tão brilhante, com cachos tão perfeitinhos e naturais como os dele.

Já tinha visto vários rapazes com cabelo comprido, inclusive mais comprido do que o meu (antes de eu o cortar há um ano atrás) mas o do metro ganhou-lhes a todos!

Assim como não percebo o porquê dos homens terem (quase) todos pestanas naturalmente longas e espessas (e agora falo mais pelas mulheres que se queixam disto e não por mim visto que até nem tenho razões de queixa no que toca às minhas pestanas) também não percebo como é que há homens que têm um cabelo tão bonito como o do rapaz do metro.

Se o voltar a ver hei-de perguntar-lhe qual é o segredo dele.

Há coisas que realmente me ultrapassam.... o cabelo esplêndido do rapaz do metro é uma delas!

18
Nov14

O sussurro


alex

"Respira fundo" - sussurrou-me ele ao ouvido.

Olho à minha volta. Estou sozinha. Envolvo-me num embraço solitário e sorrio.

Ainda te oiço, mesmo agora que nada me dizes.

São os ouvidos que me traem ou o traiçoeiro é o coração?

"Respira fundo" - volto a escutar-te.

Desta vez o sussurro é maior, mais profundo.

O sussurro do coração é sempre maior que outro qualquer.

Respiro fundo.

Aconchego o cachecol à volta do pescoço; resguardo as minhas mãos do frio de Novembro e o sorriso não me abandona.

Cansada, com frio, com dúvidas a encher-me a mente e a corroerem-me o coração, oiço o seu sussurro.

Ele sabe sempre o que me dizer nestas alturas mais difíceis.

Respira fundo.

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D