Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Something New

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

Something New

07
Set14

Se não por mim...

alex

Pelos outros. Se não posso ficar ansiosa e feliz por mim, que fique pelos outros! Se não posso pular de alegria ou sorrir por mim, que o faça pelos outros! Se não posso dizer: fui colocada aqui ou acolá, que diga antes: o meu amigo X e a minha Y foram colocados aqui ou ali!

Os resultados da maioria já saíram e muitos cantam a vitória, pulam de alegria e recebem os parabéns merecidos. E eu não sou excepção porque canto vitória e pulo de alegria por todos aqueles que conseguiram e foram colocados nos cursos/faculdades que desejavam! Por incrível que possa parecer, não estou minimamente triste ou mais em baixo por estar tudo prestes a ingressar na faculdade e eu estar aqui, ainda meio sem saber bem qual a minha próxima paragem. 

Estou sim bastante feliz por todos os meus amigos e também por todos os outros milhares que conseguiram entrar na faculdade e que estão prestes a iniciar uma nova etapa das suas vidas!

Entretanto, eu vou continuar à espera da minha carta de admissão para Hogwarts...

05
Set14

Explicações - só se me pagarem!

alex

Acho que tenho de me explicar vezes demais. Sinto a necessidade de me explicar quando sinto ou sei que a pessoa me interpretou mal. Não sei de onde surgiu, esta vontade que nunca desaparece - talvez esteja comigo desde sempre.

Mas há quem ainda pense que eu vivo num mundo onde o céu é sempre azul e as nuvens sempre brancas e fofas. Há quem pensa que eu não sei nada da Vida, quando na realidade gostava de saber menos do que o que sei. 

A verdade é só uma: por muito que uma pessoa partilhe a sua vida com outros, seja aqui ou pessoalmente com amigos, há coisas que nunca se sabem - e é por isso que sinto uma enorme necessidade de me explicar quando as pessoas interpretam mal as minhas palavras, os meus desabafos, as minhas histórias. Porque como não sabem certas e determinadas coisas, assumem. Ás vezes penso que sou eu que tenho uma certa dificuldade em expressar os meus sentimentos/pensamentos/opiniões...faço-o muitas vezes sem um filtro, porque sou impulsiva e deixo-me levar pelas emoções (principalmente se estiver a falar de algo sobre o qual estou muito entusiasmada). É por isso que por vezes sou mal interpretada. 

E odeio isso. Odeio que fiquem com uma imagem de mim que não é a verdadeira. Eu não sou ingénua - há muito que deixei de o ser. Sei que existem dificuldades e obstáculos para onde quer que me vire nesta Vida - mas se há coisa que me ensinaram neste último ano e meio foi a não pensar no que de mau pode resultar das minhas escolhas. Ou pelo menos a focar-me no bom que daí pode vir. E é muito complicado fazer isto quando tenho pessoas a entenderem-me de forma errada a toda a hora.

Eu não sei se vou conseguir arranjar trabalho nos próximos tempos. Eu não sei se vou conseguir ir para Londres estudar daqui a um ano. Eu não sei se vou ter uma marreca, dez verrugas e cabelos brancos daqui a dez ou vinte anos. Mas eu escolho acreditar que as duas primeiras vão acontecer ( a terceira dispenso).

E eu sei que ás vezes a minha "determinação" é encarada como ingenuidade ou até burrice - porque ninguém prevê o futuro e eu não posso afirmar que amanhã vou sequer acordar para ver um novo dia mas a verdade é que eu não consigo falar sobre o assunto sem me entusiasmar, sem suspirar, sem sorrir, sem sentir o coração a acelerar, sem acreditar que vou lá chegar. E posso até não conseguir lá chegar para o ano, ou para o outro, mas eu quero acreditar que sim - e as razões para tal, essas, são só minhas.

E estou cansada de ter de explicar isto, uma e outra vez, a quem me interpreta mal.

E é por isto que eu agora guardo tudo para mim. É por isto que eu não falo com ninguém sobre este tópico ou sobre muitos outros. Porque dantes tinha com quem o fazer e agora já não tenho.

Porque estou farta de ter de dar explicações para tudo e por tudo.

Não devo explicações a ninguém. Só se me pagarem. E mesmo assim...

03
Set14

Coração cego

alex

Ás vezes não era preciso mais do que um olhar para saber o que estavas a pensar. Ás vezes não era precisa mais do que uma palavra para eu te amar. Ás vezes não era preciso muito mais do que um suave toque teu para me fazer sentir tudo  - mil vezes mais.

Há vezes em que ainda não é preciso mais do que tudo isto para eu voltar ao início - de repente, é como se alguém pressionasse o botão "reset" e lá estou eu: de pé, à tua frente, de sorriso nos lábios, cabelo comprido ao vento a contemplar as tuas feições.

Sinto tudo como se estivesse ainda a acontecer mas sei, no fundo do meu ser, que o poder que as nossas memórias têm são grandes o suficiente para me enganarem a esse ponto. 

"É de doidos", penso enquanto olho pela janela do meu apartamento e observo os londrinos a passearem-se com chapéus de chuva a cobrirem-lhes os rostos. Todo este tempo depois e ainda sou capaz de te sentir, mesmo estando tão longe de ti.

Sempre ouvi dizer: Olhos que não vêm, coração que não sente.

Dava-me jeito o meu coração ser cego - porque ele ainda só te vê a ti.

02
Set14

Mais um (desafio)

alex

Só para dar por terminado esta onda de desafios que têm andado a circular por aqui, venho hoje responder a umas quantas perguntas de um desafio para o qual fui "nomeada" pelo O Roxo e pela Sweet Stuff - muito obrigada aos dois!

 

O que você não sai de casa sem?

Já me aconteceu sair de casa sem a carteira, sem as chaves e até sem sapatos, mas se há algo com o qual nunca saio de casa é o meu relógio - e se por algum infortúnio me esqueço dele, das duas uma, ou fico o resto do dia a lamentar-me ou volto atrás para o buscar.

 

Qual o seu animal favorito?

Isto é tão óbvio...acabei de escrever um post sobre ele... é só andarem para baixo nesta página! (para os mais preguiçosos, a resposta é Gato) 

 

Qual o seu sapato favorito?

All Stars foram o meu primeiro amor e irão ser com certeza o último

 

Produto de maquilhagem indispensável?

Rímel - apesar de me estarem sempre a dizer que eu não preciso porque tenho pestanas grandes, mas eu gosto!

 

Qual o seu maior sonho?

Escrever e publicar um livro e viajar pelo mundo, de mochila às costas

 

Qual o seu maior defeito?

Sou mais esquecida que a Dori do "Á procura de Nemo" - estou constantemente a levar nas orelhas por causa disso...

 

O que te irrita nas pessoas?

Ui... não vos vou maçar com a minha extensa lista de coisas que me irritam nas pessoas, por isso digo-vos apenas três: infantilidade, falsidade e

egocentrismo

 

Qual a sua comida favorita?

Gosto de massas - à bolonhesa, com gambas, com salsichas, com delícias, com legumes...com tudo, basicamente! E depois gosto também de um bom Bacalhau á Brás (de preferência feito pela avó materna) e de um bom Arroz Pato (de preferência o da avó paterna)

 

Doce ou Salgado?

Boca doce é bom é bom é....  

 

O que te deixa feliz?

A minha família, os meus avós, os meus amigos, um bom filme/série/livro, boa música, os meus namorados (sou mulher de muitos homens, pena é estarmos separados por um ecrã de computador ou de televisão a maior parte do tempo...ou por páginas de livros, mas há pior!), pessoas bem dispostas e com humor (de preferência, negro ou sacarcástico) , conversas estranhas, zombies, o sol, a praia, o Starbucks (é um grande contributo para a minha felicidade, quando me dou ao luxo de lá ir...) e essencialmente, ter saúde

 

E pronto, aqui estão as minhas respostas! Não vou nomear ninguém directamente porque já muita malta fez ou já foi nomeado para fazer este desafio, por isso, quem passar por aqui e resolver fazer o desafio, está à vontade! 

01
Set14

Passou a correr

alex

Eu sei que digo isto todos os anos, eu sei... mas este ano sublinho: o verão passou a correr. Não que as férias já tenham acabado - não sei até quando vou estar de "férias" e agora também não quero pensar muito nisso - mas a verdade é que sempre que começa o mês de Setembro, temos aquela sensação de que o Verão já deu o que tinha a dar e que agora é altura de voltar à realidade e preparar a nossa mente e o nosso corpo para o inicio de uma nova etapa - seja ela o regresso à escola, o inicio da vida na faculdade ou a entrada no mundo do trabalho. De qualquer das formas, a verdade é que o dia 1 de Setembro nem sempre traz sorrisos consigo porque a malta quer é que o mês de Agosto se prolongue...até ao fim do ano (pelo menos). Mas não é assim que as coisas funcionam e o tempo acaba por escoar e quando damos por nós já se passaram dois meses desde o inicio do verão e aqui estamos nós, lamuriosos e a não querer que a nossa vida volte ao normal. Mas há também que lembrar que para muita boa gente, estes últimos dois meses foram iguais a tantos outros - de trabalho, puro e duro.

E como para mim este verão foi diferente de todos os outros que já tive, por inúmeras razões, não me vou pôr aqui a lamentar o facto de já estarmos em Setembro e de o verão estar a chegar ao fim. Vou abrir os braços e dizer: Vem dai, que eu quero é começar a minha nova vida, seja ela qual for!

Façamos todos isso, porque com certeza que desta forma, este mês que normalmente muitos desprezam porque significa o regresso a algo que não amam de coração, Setembro vai ser bastante agradável e, quem sabe, cheio de surpresas!

 

Pág. 4/4

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D