Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Something New

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

Something New

23
Mai14

Pequenas coisas

alex

Têm sido dias complicados, mas a tarde de hoje fez-me esquecê-los. Passada em boa companhia e a ver jovens talentosos em cima de um palco a fazerem aquilo que mais gostam, deu-me com certeza o final de semana de que estava desesperadamente a precisar.

São as pequenas coisas minha gente....acreditem. 

E amanhã torno-me, oficialmente, numa adulta.

E domingo vou votar.

Nem me acredito.

19
Mai14

O que é que eu vos posso dizer?

alex

Isto está às moscas. Triste, mas é a dura realidade. Tenho pouco para vos dizer. Pouco sobre o que escrever. Este ultimo período deixa-me tempo para muito pouco e, sendo sincera, toda a inspiração que tenho de momento, canalizo-a para escrever algo que tenho estado a escrever nas últimas semanas.

Daqui a cinco dias completo 18 anos. No dia 24 de Maio, passo a ser oficialmente e legalmente, uma adulta. Claro que ainda estou longe de o ser, no sentido literal da palavra. Apesar de ser uma rapariga responsável e matura, não me considero adulta, visto que ainda há muita coisa sobre a qual, se for preciso, me comporto como uma autêntica criança.

Acho que este marco tem mais a haver com outras coisas do que com o facto de agora já poder ir presa, ou já poder votar, ou já poder ir (legalmente) a discotecas para maiores de 18. Não tenciono ser presa ou ir "desbundar" para discotecas e votar, assim o farei no dia a seguir, no dia 25. Não é bem isto que os 18 anos têm de especial para mim. É só mais um ano. No entanto, este ano, quero torná-lo especial. Porque se houve ano em que mais pensei na pessoa que me faz muita falta, foi neste. Porque pesa-me no coração o facto de ele não me ter visto crescer e de não puder ver a sua carochinha fazer 18 anos e transformar-se numa pequena mulher.

É das poucas coisas que eu sei que vai fazer com que os 18 anos sejam especiais para mim. O facto de poder, finalmente, fazer algo que eu quero há já algum tempo, por ele. Marcar uma parte dele, de nós, em mim, para que eu não me esqueça de que eu serei sempre a sua carochinha; a sua netinha.

E depois claro, ter todos o que mais amo e estimo comigo. É só isso que faz valer cada ano que passa e cai sobre mim.

O resto... o resto são só detalhes numa pintura tão grande, que os detalhes não passam disso mesmo: pequenos e insignificantes detalhes.

 

15
Mai14

Acho mal!! (Há coisas que me ultrapassam #10)

alex

Acho mal os meus vizinhos de cima terem arranjado um cão. E antes de me começarem a atirar pedras e sei lá mais o quê, deixem-me só dizer que eu não tenho nada contra os cães. Alias, acho que são animais queridos, amigos e que dão muito boas companhias. Lá por eu ser uma pessoa de gatos, não quer dizer que um dia não me dê na cabeça e não arranje um cão também.

MAS, e este mas é importante, há que saber ter a consciência de que não se mete um PASTOR ALEMÃO que fica maior de dia para dia, num T4 sem varanda, sem nada. Eu acho mal. Tanto para o cão, coitado, como para mim que passo os meus dias a ouvi-lo chorar. É que o cão deve ser um amor de animal. Raramente ladra e é verdade que o oiço muitas vezes aqui no meu quarto, a fazer aquilo que eu presumo que seja brincar, no entanto, de manhã e ao final da tarde, o cão chora que se farta. Não é ladrar, não é ganir. Não, é mesmo um choro que nos faz pensar duas vezes se será mesmo um cão ou um bebé.

O cão já me deve dar mais ou menos pela coxa e, segundo sei porque tive um amigo que tinha dois pastores alemães, ele há-de crescer mais. Agora pergunto-me (e vocês também, se calhar): O que raio têm os meus vizinhos na cabeça? Será que o cão fez as suas necessidades lá para dentro e é por isso que eles não estão a pensar com ela?

É que não cabe na cabeça de ninguém (e duvido muito que caiba na casa deles daqui a pouco) porem um pastor alemão dentro de um apartamento, fechado o dia quase todo (o cão só sai durante para aí 15 minutos de manhã e ao final do dia), sem o pobre do animal ter uma varandinha sequer para apanhar uns banhos de sol.

É isto que se chama "amar um animal"? É para isto que as pessoas querem um cão? Para o terem fechado dentro de quatro paredes a chorar durante uma manhã inteira, para que quando cheguem a casa possam dar umas festinhas e brincar com o animal?

Um cão deste tipo é feito é para estar numa casa que tenha as condições que ele precisa para ser feliz! Uma vivenda com quintal ou, talvez um apartamento, mas com uma varanda grande onde ele possa estar ao ar livre, a brincar! Se querem um animal para estar num T4, arranjem-me um Yorkshire, um Beagle ou um cão que se adeque melhor a uma vida num apartamento relativamente pequeno, porque o T4 de que falo é igual ao meu e eu não considero que viva numa casa apropriada para ter um cão como um pastor alemão a viver aqui!

Eu acho mal. E ultrapassa-me. Há coisas que me ultrapassam.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D