Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Something New

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

porque sempre que se fecha uma porta, abre-se uma janela

Something New

20
Dez13

Coisas às quais damos (eu incluida) demasiada importância

alex

Nesta altura do ano só ouvimos falar de duas coisas: O natal e a passagem de ano. Há quem diga que o primeiro é para a família e o segundo para os amigos. Para mim tanto podem ser ambas como apenas e só uma. O natal pode ser passado tanto com a família, como com os amigos ou com ambos e a passagem de ano a mesma coisa. 

No entanto, o ano passado passei pela primeira vez o ano novo apenas e só com amigos. Sempre passei com família e amigos da família, mas o ano passado foi diferente e, como já referi aqui, não foi das melhores experiências da minha vida. Serviu para me ensinar muita coisa e se pudesse não mudava nada do que aconteceu naquela noite (okay, pronto, talvez mudasse um pormenor ou outro mas enfim), porque serviu para eu aprender uma grande lição e fez-me abrir os olhos. 

Este ano anda tudo (outra vez) num reboliço para tentar decidir o que vamos fazer na passagem de ano. Sinceramente não tenho vontade nenhuma de sair de casa. E não é porque tenha medo que aconteça o mesmo que aconteceu o ano passado, porque eu já não sou a mesma e o grupo de amigos também já não é o mesmo. Mas não sei se isto sou só eu, na minha cabeça, se é para celebrar o ano novo em casa de outra pessoa, com a sua família, mais vale ficar em casa com a minha. Porque uma coisa é celebrar com a nossa família e com os amigos da nossa família, outra completamente diferente e acho eu, muito mais desconfortável, é passá-la em casa de um dos nossos amigos, com a família deles e com o resto do nosso grupo de amigos (o meu sendo da minha turma). Não sei, simplesmente não acho que seja melhor do que passar com a nossa própria família. 

A ideia inicial era irmos todos jantar a um Japonês muito barato aqui perto e passar por lá a meia noite (caso se mantivesse aberto até mais tarde). Agora já é para ir para casa de uma das pessoas, com a família dela lá, e nós ficarmos confinados ao quarto da moça.

Ora é por estas e por outras que eu prefiro ficar no meu canto e encarar o ano novo por aquilo que é: apenas mais um dia, em que por acaso, acaba um ano e começa outro completamente novo.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D